sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Supernatural Bonds 01- A Médium de Trace

O detetive de homicídios Trace Dilessio sempre considerou a si mesmo como o típico homem de carne e purê de batatas, um homem enérgico que gosta das mulheres de seios grandes, bom traseiro e pernas intermináveis. Aislinn Windbourne não tem nada a ver com o tipo de mulheres às que normalmente persegue. E, apesar de odiar as médiuns, e em especial às que se veem envolvidas em assuntos policiais, Trace parece incapaz de lutar contra sua obsessão pela delicada beleza que o faz sentir-se primitivo e protetor ao mesmo tempo.
Os anos de rechaço no espaço élfico, porque é meio elfa, meio humana, fizeram que Aislinn fosse muito precavida na hora de abrir as portas de seu coração... até conhecer Trace. A cativa desde o começo e, entre elfos, essa reação normalmente significa que um casal está destinado a formar um vínculo de amor. Mas, embora o amor afugente sua solidão, cada vez que Trace rechaça a magia que forma parte do que Aislinn é ela teme que o mundo dos humanos seja igualmente doloroso que o mundo no qual se criou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.